NU JAZZ - UM NOVO UNIVERSO PARA OS SEUS OUVIDOS.

quarta-feira, julho 20, 2011 Marcos H. de Oliveira 2 Comments


Vou te contar: suspeito que a música poderia estar naquele grupo de palavras "proibidas" de entrarem em uma conversa para não gerar discussão. Aquelas como política, futebol e religião. 

Algumas pessoas ficam realmente ofendidas se você diz coisas como "Celine Dion não presta" ou "Caetano Veloso já me encheu", coisas assim. Porque música é como um sentimento sonoro que cresce junto com o ser humano. Ele se apega, cria historias e personaliza sua relação, assim como com o seu time de coração. E quem tem a coragem ou a ingenuidade de atacar isso, pode ser dar mal. Então, serei cuidadoso.

Se você está com uns 18, 24 anos, o Jazz pode parecer algo que seu pai ou avô ouve. Pode parecer monótono e cansativo porque não existe ligação emocional. A distância vai parecer maior ainda, se você nunca ouviu isso em casa, se cresceu no interior ou mesmo passou essa parte da vida escutando somente os sucessos populares que tocam nas rádios. Em qualquer um dos casos, você vai precisar de um pouco de paciência com essa música nascida lá em 1915 e que tem como origem os ritmos afro-americanos (veja os links).

Não, eu não errei o tema deste artigo. Nu Jazz (ou electronic jazz, electro-jazz, e-jazz, jazztronica, jazz house, e tantos outros sinônimos) é a "versão moderna" do jazz tradicional, tipo um "jazz 2.0" para nova geração. É uma variável que mistura rock, funk, pop, dance e até heavy-metal. E a melhor forma de você se interessar por este brilhante gênero musical. Ou como disse o crítico musical Tony Brewer:

"Nu jazz é para o tradicional jazz o que o punk foi para o rock, com certeza. […] O som é o foco, não o entrosamento entre os músicos. É fazer o jazz divertido, novamente."
  
Portanto, dê uma chance (e um presente) para os seus ouvidos, escutando esta seleção. Música pode ser uma descoberta que vai muito além do "tum-tum-tum" das danceterias, do chororó sertanejo e das "10 mais tocadas da semana". E comente. No AGE, gosto se curte e discute. Abraços.











Fontes:

Não perca os extras deste artigo na fan page
do AGE no Facebook! Curta agora!

Sobre o Autor:
Marcos H. de Oliveira Marcos H. de Oliveira é redator freelance de publicidade e propaganda e consumidor voraz de livros, música, cinema e arte. http://twitter.com/agentescreve

2 comentários:

luli disse...

Muito obrigada pelo presente, Marcos H. Tenho um pouco mais que 18,24 anos mais essa seleção animou-me bastante.

Valeu,Luli! Aproveite para conhecer outros estilos musicais nos posts anteriores. E continue com a gente!