SOB O DOMÍNIO DO MEDO - DUSTIN HOFFMAN E A VIOLÊNCIA DO HOMEM COMUM.

sexta-feira, agosto 03, 2012 Marcos H. de Oliveira 0 Comments


Pois é. Assim que fiquei sabendo que Sob o Domínio do Medo (Straw Dogs, 1971, dirigido por Sam Peckinpah) ganhou um "reboot" com Alexander Skarsgård (o vampiro Eric Northman de True Blood), tive que correr para o teclado para falar do original. E já vou avisando que o original é um clássico e este remake, apenas mediano.

Sam Peckimpah (1925-1984) é uma lenda da direção, o "poeta da violência" e o percursor do estilo de filmar cenas violentas em câmera lenta (é, não foi o Tarantino quem inventou isso). Experimente assistir os filmes de faroeste dirigidos por ele (sua especialidade) como Meu Ódio Será Sua Herança (1969) para sacar como o cara era bom. Era não. É.

A violência estética, essa que você vê em filmes como Transformers e nos filmes de Terror, atendem a um modelo de "arte" cinematográfica que pode ser até preocupante porque "glorificam" o ato agressivo. A violência de Peckimpah em Sob o Domínio do Medo é outra coisa: é dura e seca como a realidade de um assalto na esquina ou as porradas de uma luta de Vale-Tudo. É cruel. Mas verdadeira.

O personagem de Hoffman, David Sumner, é um tímido professor universitário de Matemática que se muda para a Inglaterra com um esposa mais jovem e atraente para fugir dos conflitos estudantis gerados pela oposição à Guerra do Vietnam (1959 - 1975). Ele é um acadêmico de óculos de aro de tartaruga, magro e baixinho, de boas maneiras e pensamento prático. Ela é loira, usa mini-saia e detesta o tédio e  a rotina de uma vila inglesa. Vai dar problema...




Em tempos de bullyng e pavio curto, você vai poder "apreciar" uma época onde, ser agressivo quando provocado era a última escolha. Mesmo. O que posso dizer é que o personagem de Hoffman é levado ao limite e o resultado é uma lição de vida para todos os envolvidos e para quem assiste. 

Skarsgård: lobo em pele de cordeiro.
Sua resposta não vem da raiva (ele é um professor de Matemática, lembra?), mas da necessidade de sobrevivência. A violência não é gratuita, é funcional e instintiva. E também não é por alguém ter passado na sua frente na fila do banco ou pego sua vaga no estacionamento do shopping. Sob o Domínio do Medo  revela que todos nós somos animais pensantes. Mas, mesmo assim, animais. E todo animal morde.

Não existem "galãs" no filme original. As pessoas são "normais". Sob o Domínio do Medo trás uma mensagem importante para nova geração de garotinhas que sonham com vampiros bonitinhos e lobisomens sarados: a bondade não está na aparência e o mal verdadeiro usa muitas máscaras. Lembre-se disso quando for assistir o remake apenas por causa do elenco de beldades. E cuidado com os lobos em pele de cordeiro, senão..."Boa noite, Cinderela". Até a próxima.

Straw Dogs (1971) - Trailer
O remake - sem restrição de idade. Sinal dos tempos...

O filme on-line (dublado). IMPORTANTE: O filme é de 1971, mas a categoria é para maiores de 18 anos por causa da violência. Fique esperto.


Fontes:
Straw Dogs
Sam Peckinpah
Guerra do Vietnam

Curta a fan page do A GENTE ESCREVE no Facebook!


0 comentários: