Ouça Esta Letra - Que país é esse? O Hino da Legião dos Sem-Pátria por Marcos H.

quarta-feira, junho 22, 2011 Marcos H. de Oliveira 2 Comments

Antes de algum fã "legioso" reclamar, aviso que a grafia correta da música é Que país é Este? que faz parte do terceiro album homônimo de 1987. Acontece que todo mundo (incluindo as versões de outras bandas como Os Paralamas do Sucesso e Capital Inicial),  cantam 'esse'. Então, cante ou escreva como quiser, ok?

Qual era o Brasil de 87? Vejamos: o presidente era o Sarney, o plano econômico para controlar a inflação era do, então, Ministro da Fazenda Luiz Carlos Bresser Pereira, Luiz Inácio "Lula" da Silva estava se candidatando para presidente pelo PT e Goias foi palco do maior acidente radioativo do Brasil e o maior do mundo, ocorrido fora das usinas nucleares (aquele com o material hospitalar e radioativo, Césio-137). 

E eu?

Bom, eu estava com 18 anos, ouvindo Legião Urbana pra caramba, tentado arrumar emprego e tocando bateria numa banda cover de U2, Simple Minds, Ramones e, é claro, Legião Urbana. Sinceramente, nunca fui muito de idolatrar pessoas. Sou "fã" de criações. Pouca ou nenhuma diferença aconteceu na minha admiração pelo cantor e literato quando sua identidade sexual foi revelada. Assim como Freddie Mercury, Rob Halford (do Judas Preist) ou David Bowie, a alma de um poeta não precisa ficar presa a convenções sociais e morais. Aliás, é melhor que ocorra o contrário. Renato Russo, assim como Cazuza, era legal e pronto.

Não peça para um garoto de 18 anos pensar em cidadania, politica e coisas do gênero. Seus hormônios estão trabalhando em outro lugar. Mas, se ele for conquistado por alguém que fale com ele e para ele, a possibilidade é bem maior. Que pais é este? fez isso com toda uma Geração Coca-cola: você é mais do que um motorzinho sexual atrás de entretenimento, você pode mudar o mundo. De verdade. Acredite nisso. Alguns acreditaram.

Mais um pouco de Historia: o movimento Diretas Já! aconteceu entre 1983-1984, onde a Proposta de Emenda Constitucional Dante de Oliveira se concretizou para depois ser rejeitada, etc e tal. Nos anos seguintes, pelo menos uma música do Legião Urbana trazia esse sentimento de revolta na letra, até o seu ápice com a, infelizmente, eterna insatisfação contida em Que país é este?

Este artigo está longo porque gostaria que a galera mais nova entendesse o contexto em torno disso tudo. Diz a lenda, que o cantor Jim Morrison (The Doors) quebrou uma Tv ao ouvir o sucesso "Light My Fire" em uma propaganda de sabão em pó (!) Ouvir Que país é este? na entradinha da novela? Não sei o que Renato Russo pensaria disso. Mas sei como eu me sinto.

Este Ouça Esta Letra é o primeiro sem a letra da musica por motivos óbvios. Ao contrário do revival da romântica e bobinha Eduardo e Mônica para uma marca de celular, Que país é este? é pra pensar e agir. Como? Me diga você, Geração Y.


Experimente usar outra música do Legião para sacudir os bracinhos e gritar "essa p* de Brasil" enquanto tenta conquistar uma garota em um show patrocinado por uma multinacional. Isso é ignorância histórica e babaquice. Patriotismo não é somente cantar o Hino Nacional antes do jogo. É honrar sua origem no mundo. Já pensou nisso?

Afinal, eu Não gostaria que a futura geração (a dos seus filhos e sobrinhos), considerasse esta letra "atual" daqui há 20 anos. E você?

O lançamento em 1987: verdadeira e original
A versão "festinha caça-niqueis" do Capital Inicial de 2008: ideologia zero e plateia ignorante.
A versão dos Paralamas: homenagem sincera, mas apenas "mais" uma música

Fontes:


Sobre o Autor:
Marcos H. de Oliveira Marcos H. de Oliveira é redator freelance de publicidade e propaganda e consumidor voraz de livros, música, cinema e arte. http://twitter.com/agentescreve

2 comentários:

Isa Sevilha disse...

Marcos: vc viu essa musica ser tocada ontem, na cena em que o pesonagem Horacio Cortez, aliás, um "remake" tenta fugir do Brasil, dando uma banana para a gentinha brasileira???A música que tocou todo tempo era justamente essa. Felizmente, nesta cena, o desfecho foi outro: o tal banqueiro corrupto foi preso. Pelo menos, por enquanto. Parabéns pelo post!!!

Pois é Isa. O Brasil parece mesmo um lugar de "remakes": a corrupção se repete, a impunidade se repete e a justiça parece acontecer apenas na ficção. Vamos ver o que esta nova geração pode fazer a respeito. Agradeço seu comentário e continue lendo a gente! Boa sorte e prosperidade!