Escrito para o Cinema - 8 MM - Nicolas Cage e a verdadeira face da Natureza Humana por Marcos H.

terça-feira, maio 31, 2011 Marcos H. de Oliveira 0 Comments

Lembra daquele tempo, lá longe, onde um jovem Nicolas Cage era um ator comprometido com sua própria carreira e talento e não precisava pegar qualquer porcaria para sanar dívidas de jogo? Pois é. 8 Milímetros (8mm,1999, dirigido por Joel Schumacher) vem de lá. O auge do sucesso do sobrinho do diretor Francis Ford Coppola foi mesmo na década de 90. E este suspense misturado com crítica social comprova isso.

Aqui, temos um ator sem exageros, sem bruxas e motoqueiros fantasmas e um diretor que ainda não colocava sua escolha sexual dentro dos roteiros. Cage se encaixa perfeitamente no papel de um detetive (Tom Welles) que deseja se aposentar após o nascimento da filha. Como último trabalho, aceita uma boa grana para investigar um filme snuff* (de 8mm, daí o título), encontrado dentro do cofre de um magnata pela viúva rica. A aposentadoria dançou, Cage.

Ninguém fala do roteirista, de quem escreve ou adapta uma história para o cinema, e talvez seja por isso que Hollywood esteja tão sem ideias originais. Andrew Kevin Walker é o roteirista de Seven - Os Sete Crimes Capitais (1995), A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça (1999) e o recente O Lobisomem (2010). É apenas uma dica para você seguir antes de escolher um filme.

Walker joga o personagem de Nicolas Cage de volta para o inferno do qual ele tentava escapar: o submundo da violência e da pornografia barra-pesada. Schumacher conduz a audiência pelos olhos (e através das emoções) de Tom Welles, ou seja, o que ele vê é o que você vai ver. É uma fórmula que funciona: personagem e audiência sentem juntos (e gradativamente) o mesmo horror, espanto e desprezo pela trama que se desenrola.

Todos nós temos o direito de conceber e acreditar em um mundo que existe apenas a partir de nós mesmos. Podemos (tentar) acreditar que não existe pobreza, preconceito, racismo e maldade. O problema é que, quando esta bolha de ilusão estoura, o impacto é uma bofetada na cara. 8 Milímetros é o alfinete que fura a bolha. Assim como Seven, ele ilustra a dura verdade: somos o que somos e agimos de acordo com os instintos mais básicos da natureza animal/humana. E podemos ser tão ou mais sádicos do que os mesmos monstros que combatemos e julgamos com nossa moral limpinha e sem a mesma experiência dos personagens.

8 Milímetros é mais um daqueles filmes no estilo "o que você faria". Protegido e confortável no seu sofá, você pode "soltar seus bichos", julgar à vontade e depois ir comer uma pizza. Nem todos tem essa sorte, pense nisso. Até a próxima!


Fontes: 

* Snuff são filmes que mostram mortes ou assassinatos reais de uma ou mais pessoas, sem a ajuda de efeitos especiais. Muitos deles são falsos (encenados).

Sobre o Autor:
Marcos H. de Oliveira Marcos H. de Oliveira é redator freelance de publicidade e propaganda e consumidor voraz de livros, música, cinema e arte. http://twitter.com/agentescreve

0 comentários: