Escrito para o Cinema - O Escritor Fantasma - Aula de roteiro disfarçada em suspense de espionagem por Marcos H.

quarta-feira, abril 06, 2011 Marcos H. de Oliveira 0 Comments

Existem várias formas de se apreciar e depreciar um filme ou estilo cinematográfico. Os filmes de espionagem mais atuais (Identidade Bourne, Missão Impossível, etc) possuem aquela velocidade de clip musical com cortes rápidos, lutas mirabolantes, ação desenfreada. O maior público pagante hoje nos cinemas é o adolescente, então essa fórmula se justifica. 

Mas para quem se lembra do estilo Noir (pronuncia-se no-ar, preto em francês) e gosta de uma boa história, vai curtir O Escritor Fantasma (The Ghost Writer, Roman Polanski, 2010), uma adaptação do livro The Ghost, de Robert Harris que foi repórter e jornalista da BBC. Veja o trailer abaixo:



Um filme Noir possui características e público particulares porque toda a ação acontece mais na cabeça de quem assiste do que na tela. As fontes do estilo Noir vem do expressionismo alemão e do jogo de cores preto e branco (sombra e luz) que atualmente virou aquele azul noturno para não espantar o público jovem do cinema. É literatura filmada, de planos longos e cenas estáticas como se fossem gravuras, quadros a serem apreciados, que precisam de contemplação e olhar apurado. É um quebra-cabeças que você monta junto com o personagem principal.

O filme é do polemico Roman Polanski. Polanski é da "Velha Guarda" e sabe o que faz. Uma característica dos filmes Noir é usar o clima como simbolismo para o estado emocional dos personagens, recurso também presente em todos os filmes do cineasta (O pianista, 2002, Chinatown, 1974 e O último portal, 1999 são bons exemplos). Repare no "tempo", essa é a dica. Ele também é um personagem.

Os filmes Noir estão voltando porque ninguém aguenta só efeito 3D, comédias românticas, sangue e tripas pulando no seu colo.
Cisne Negro (2011) é um Noir "disfarçado". O Turista (2011, com Johnny Deep e Angelina Jolie) também tentou ressuscitar o gênero. O Escritor Fantasma pode ser o seu bilhete
de entrada  para gostar de histórias mais densas e elaboradas. Experimente e depois me conte. Até a próxima.

Prêmios
Foram 10 nomeações e 12 premiações entre melhor ator (Ewan McGregor), roteiro, música e direção. Confira a lista completa: http://www.imdb.com/title/tt1139328/awards 
 
Fontes:


Sobre o Autor:
Marcos H. de Oliveira Marcos H. de Oliveira é redator freelance de publicidade e propaganda e consumidor voraz de livros, música, cinema e arte. http://twitter.com/agentescreve

0 comentários: