Fix You - Abra os olhos para música do Coldplay

quinta-feira, novembro 11, 2010 Marcos H. de Oliveira 1 Comments

Sou um amante dos sentidos: dos sabores, dos perfumes, das texturas, das melodias e das cores. E entendo como a parte mais extraordinária de qualquer arte justamente quando se vai além, quando se extrapola e converge, em um único ato ou expressão, mais de um tipo sensorial.

Se a sinestesia existe como figura de linguagem, por que não aplicar mais à vida combinações entre olhos e ouvidos, boca e nariz, mãos e tudo? 

E é assim, como uma música para se ouvir com os olhos, que justifico a escolha musical de hoje. Desculpem-me os nacionalistas, mas este texto é sobre o Coldplay, uma das melhores, mais influentes e incríveis bandas de todo o mundo. Certamente, uma de minhas favoritas.

Composta por Chris Martin, Jon Buckland, Guy Berryman e Will Champion, o quarteto inglês saldou o mundo com quatro CDs, todos repletos de sucessos emblemáticos, misturas e experimentos sonoros de muita qualidade.

Sem hipocrisia alguma, qualquer uma das faixas de qualquer um dos álbuns da banda mereceria espaço, análise e comentários. Mas se o Coldplay já é bem sucedido em estúdio, é no palco que expõe toda sua força, união e esplendor. E é esse lado que pretendo abranger aqui: o ao vivo.

Feche as janelas, apague as luzes e transforme o cômodo em que você está em uma espécie de câmara escura. Prive seus sentidos de qualquer outro estimulo, preencha a tela de seu monitor com a música “Fix You” (abaixo) e deixe-se levar.

A sinestesia entre músicos, palco, luzes e sons torna-se evidente. De bons instrumentistas que interagem com o público, viram atores que acompanham o ritmo das luzes e o fluxo dos sons, personagens que compõem melodias no encontro de seus corpos com o contexto. 

Os instrumentos, as roupas e o próprio palco agregam ao enredo, como em um teatro cantado. E até mesmo se ignorarmos a bela letra e considerarmos apenas os sons emitidos, veremos surgir um mantra. Um ritmo crescente que soma à experiência e conduz ao clímax. De fato, um show.



Fix You

When you try your best, but you don't succeed,
When you get what you want, but not what you need,
When you feel so tired, but you can't sleep
Stuck in reverse

And the tears come streaming down your face
When you lose something you can't replace
When you love someone, but it goes to waste
Could it be worse?

Lights will guide you home
And ignite your bones
And I will try, to fix you

And high up above or down below
When you're too in love to let it go

Consertar Você

Quando você tenta o seu melhor, mas não tem sucesso.
Quando você consegue o que quer, mas não o que precisa.
Quando você se sente cansado, mas não consegue dormir.
Preso em marcha ré.

Quando as lágrimas começam a rolar pelo seu rosto.
Quando você perde algo que não pode substituir.
Quando você ama alguém, mas é desperdiçado.
Pode ser pior?

Luzes vão te guiar até em casa
E aquecer teus ossos
E eu tentarei, consertar você

Bem no alto ou bem lá embaixo.
Quando você está muito apaixonado para esquecer.
Se você nunca tentar, nunca vai saber.
O quanto você vale.

Luzes vão te guiar até em casa
E aquecer teus ossos
E eu tentarei consertar você

Lágrimas rolam no seu rosto
Quando você perde algo que não pode substituir
Lágrimas rolam pelo seu rosto
E eu...

Lágrimas rolam pelo seu rosto
Eu te prometo que vou aprender com meus erros
Lágrimas rolam pelo seu rosto
E eu...

Luzes vão te guiar até em casa
E aquecer teus ossos
E eu tentarei, consertar você



 
 Marcelo Fornasa Zaniolo é de Florianópolis, publicitário formado e administrador em treinamento. Atualmente, refém de uma calculadora com defeito em alguns dígitos e viciado em café com leite. Não vive sem música, livros e bons amigos. http://twitter.com/celo_zaniolo

1 comentários:

Magda disse...

Realmente, Marcelo! Coldplay é, sem dúvidas, uma das melhores bandas do mundo. A música "Fix You" é maravilhosa, assim como todas as outras. E é isto que a faz uma banda incrível e admirada no mundo todo! Parabéns pela escolha!