Boiadeiros - Tocando em frente de Renato Teixeira e Almir Sater

quarta-feira, outubro 20, 2010 Marcos H. de Oliveira 2 Comments

Quem não tiver uma música preferida que atire a primeira pedra. Uma ou até mesmo algumas. Sempre tem aquelas que acabam marcando mais do que outras. Elas sempre marcam, seja em momentos bons, seja em momentos ruins.

Há também aquelas que nem precisam de um momento, uma data ou um local específico. Pois é, foi assim que a música “Tocando em frente” tornou-se importante na minha vida. Sempre gostei da sonoridade dela, desde pequena a ouvia e gostava do som da viola de Almir Sater (famoso violeiro campo-grandense) que a compôs com Renato Teixeira na década de 90.

O tempo passou e a admiração por esta canção permaneceu de forma ainda maior e vibrante. Sempre a ouvi valorizando o toque da viola e a bela voz doe seu intérprete.  Até que numa certa noite nostálgica, em que eu respirava saudade do maranhão e do que deixei por lá, me veio à mente a frase Penso que cumprir a vida seja simplesmente compreender a marcha e ir tocando em frente...” Lembrei-me que era o trecho dessa música que eu gostava, mas não conhecia a letra completa.

Eu já estava deitada e a coragem de levantar pra ver o restante da letra na internet era menor que um grão de arroz. Refleti um pouco sobre essa frase e tentei me lembrar de algumas outras que compunham aquela música, mas num emaranhado de palavras soltas, nada saía. Deve ser por que eu costumava prestar mais atenção no som da viola do quê na letra.

No outro dia fiz a busca no Google e não deu outra: apaixonei-me! A música é um conjunto de frases soltas que formam, a meu ver, uma bela poesia. Além de ser também uma “injeção” de otimismo com as frases como Cada ser em si carrega o dom de ser capaz e ser feliz”. Se cada pessoa parasse pra pensar nesta frase, não existiria frustrações no mundo, pois cada um iria fazer uso de sua capacidade para alcançar suas metas. 

Li algumas entrevistas em que Almir Sater compara o estilo de suas músicas com o folk (estilo musical de origem americana) e defende que suas composições são para a alma. Eu concordo com ele. Cada vez que ouço esta música me emociono. Até procuro um motivo pra tal emoção, mas o único que encontro nem sei se justifica: é pela beleza de sua composição.



Tocando em Frente
Composição: Almir Sater e Renato Teixeira

Ando devagar
Porque já tive pressa
Levo esse sorriso
Porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte,
Mais feliz, quem sabe,
Só levo a certeza
De que muito pouco sei,
Ou nada sei
Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs
É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Penso que cumprir a vida
Seja simplesmente
Compreender a marcha
E ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro
Levando a boiada
Eu vou tocando os dias
Pela longa estrada, eu vou
Estrada eu sou
Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs
É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Todo mundo ama um dia,
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
E no outro vai embora
Cada um de nos compõe a sua historia
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz
Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs
É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Ando devagar
Porque já tive pressa
Levo esse sorriso
Porque já chorei demais
Cada um de nos compõe a sua historia
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

2 comentários:

Uma das canções nacionais mais bonitas que já ouvi!

Mikaella disse...

Amei seu texto, bem simples e muito profundo!! Parabéns Prima